domingo, 15 de novembro de 2015

Ricardo Rosset vence de ponta a ponta em Interlagos e assume a liderança da Porsche GT3 Cup

Campeão de 2014, Fábio Alves crava a pole na classe Challenge e larga ao lado de JP Mauro, campeão de 2015.



Ricardo Rosset venceu de ponta a ponta a prova da Porsche GT3 Cup na tarde deste sábado em Interlagos e assumiu a liderança no campeonato por um ponto de vantagem sobre Constantino Jr, em jornada que marcou também o bicampeonato de Maurizio Billi na Cup Master.

As esperanças do atual campeão se esvaíram logo na largada, quando toque entre Eduardo Azevedo e Pedro Queirolo travou todos os pilotos que vinham atrás do pole Rosset pela linha interna. No esfrega-esfrega, Constantino acabou rodando no S do Senna e, com pneu furado, foi forçado a abandonar.

Ao término da primeira volta, o top5 exibia Rosset, Eduardo Azevedo, Pedro Piquet, Maurizio Billi e Franco Giaffone.

Miguel Paludo mostrou muita velocidade nas primeiras cinco voltas, saltando de oitavo no grid para sexto –e avançando. Na volta 6 passou Billi, e Franco Giaffone aproveitou para vir junto. Três giros mais tarde, Franco deu o troco em Miguel. Paludo então tentou por fora no Laranjinha, mas foi forçado a recolher. Mais duas voltas, e o bicampeão conseguiu a manobra ao tracionar melhor por dentro na Junção.

A briga entre os Porsche #32 e #3 permitiu a aproximação de Maurizio Billi e Lico Kaesemodel. Melhor para o paranaense, que superou superou o Porsche #34 no Laranjinha na volta 13 e a seguir passou também Giaffone no final da reta oposta.

Com Rosset disparado na frente, Pedro Piquet pressionou Eduardo Azevedo até concretizar a ultrapassagem na entrada do S do Senna na abertura da volta 14.

Faltando 1 minuto para o fim da prova, Billi tentou passar Giaffone por fora no mesmo trecho. Travou pneus e permitiu a aproximação de Ricardo Baptista e Tom Valle.

Na última volta Billi e Giaffone se tocam no Laranjinha e escapam. Baptista ganha duas posições de uma vez e traz junto Tom Valle, que herdou a vitória na classe para pilotos acima de 50 anos de idade.

Resultado final na bandeirada: Ricardo Rosset, Pedro Piquet, Eduardo Azevedo, Miguel Paludo e Lico Kaesemodel.

Após a bandeirada porém, o piloto do Porsche #88 foi excluído por atitude antidesportiva contra Pedro Queirolo na largada, enquanto Billi foi punido com a perda de uma posição pelo entrevero com Giaffone na volta final.

Com isso Gil Farah, oficialmente o sétimo colocado, foi o melhor representante da Cup Sport na prova, enquanto o vencedor na Master foi Tom Valle.

Para a bateria que encerra a etapa neste domingo, haverá inversão das oito primeiras posições do grid: assim Rosset parte em oitavo, Pedro Piquet em sétimo e assim sucessivamente até a primeira fila, que terá Maurizio Billi na pole e Gil Farah em segundo.



Quali da Challenge

A primeira fila do grid da última prova da Porsche GT3 Challenge em 2015 terá o campeão do ano passado ao lado do campeão deste ano: Fábio Alves é o pole com o Porsche #63 e parte à frente de JP Mauro com o #27.

JP bem que tentou e logo de cara estabeleceu uma marca voadora, 1min42s875, quase um segundo melhor que o tempo com o qual liderou o treino livre da véspera. Mas a três minutos do fim Fábio Alves mostrou porque conquistou seu título em Interlagos no ano passado, baixando a marca quando a pista já apresentava temperatura mais alta. JP ainda tentou voltar para pista, mas não conseguiu recuperar a posição de honra.

O terceiro no grid é o estreante argentino Manuel Mallo, que também conseguiu melhorar suas marcas na segunda metade do treino. Ele parte ao lado de Paulo Tavares, que estreia com o Porsche #23.

A fila três terá Cristiano Piquet ao lado de Rodrigo Mello, melhor representante da Challenge Sport.

Com os títulos geral e da classe de entrada já definidos (este em favor de Daniel Corrêa e o Porsche #69), a jornada da Challenge neste domingo vai selar o vice-campeão de 2015. Fábio Alves larga à frente de Cristiano Piquet, mas precisa vencer a corrida e torcer para o competidor do Porsche #8 não pontuar para terminar a temporada em segundo lugar.

A prova da Porsche GT3 Challenge abre a programação deste domingo, com largada marcada para 9h. O evento terá transmissão ao vivo pelo canal Sportv 2.



Declarações dos pilotos

Foi melhor que eu esperava, uma corrida ótima. Larguei bem e sofri dois impactos na largada, me amassou a traseira e fiquei com receio até de perder o pneu. Mas ao mesmo tempo ganhei um gap e então fui colocando as voltas rápidas. Vi que o Piquet e o Edu vinham brigando atrás, o que me ajudou um pouco porque tenho mais lastro que eles. Aí quando o Piquet passou achei que ele vinha pra cima, mas, por algum outro motivo, consegui ainda abrir mais um pouco. Vim no limite o tempo inteiro porque sabia que precisava de um espaço se tivesse que defender a ponta no fim.

No fim deu tudo certo: o pneu não furou e ainda assumi a liderança e, mais ainda, mesmo com o grid invertido amanhã ainda vou largar na frente do (Constantino) Júnior. Então vou tentar fazer uma corrida de cabeça amanhã para chegar como líder na decisão do título

Ricardo Rosset, vencedor da Porsche GT3 Cup e novo líder do campeonato



Foi uma corrida muito disputada do início ao final, sempre com alguém na frente ou atrás pressionando. Não deu um minuto de descanso, foi realmente muito legal. E o campeonato então foi muito bom, fico muito contente de ganhar esse título pela segunda vez e com certeza ganhar em Interlagos no evento da F1 tem um peso maior ainda

Maurizio Billi, campeão da Porsche GT3 Cup Master em 2015-11-14



Não imaginava que conseguiria a vitória na última volta, mas corrida é isso mesmo. Os dois estavam bem ali e não ia dar para passar. Mas todos estavam muito grudados, então tive a oportunidade no fim. Muito emocionante, corrida é isso

Tom Valle, vencedor da Cup Master



Foi uma surpresa. Vinha trabalhando forte para buscar meu primeiro pódio e fico contente. Tenho que agradecer ao Nonô Figueiredo, que me ajudou bastante, o Elcio, que é um mecânico espetacular, e o Marcos, engenheiro. São caras que me toleraram o ano todo e foram decisivos neste processo. Já tinha chegado três vezes em sexto. Antes tarde do que nunca! Chegou a hora, e no evento da Fórmula 1, onde é especial subir no pódio

Marcio Basso, 11º colocado na geral e quarto na Cup Sport, seu primeiro pódio na categoria



Tinha o segundo tempo a menos de 4 décimos do JP e monitorando no fim do treino os tempos dos demais concorrentes. Quando o Mallo fez P2, antecipei a segunda saída para pista. Então consegui uma volta muito boa, para superar a marca do JP. Aliás faço questão de frisar novamente, ele é o piloto mais rápido da temporada. Então, para mim, é uma honra virar mais rápido que ele em São Paulo, que é a terra dele

Fábio Alves, campeão de 2014 e pole position



Acho que eu e o Fábio largamos em condições muito próximas. Eu tenho pneus com quatro voltas a menos, mas carrego mais peso que ele. Tentei andar rápido no começo e, a partir do momento de uma volta boa, parar e preservar pneus. No fim o Fabio saiu e fez a melhor volta. Eu saí a seguir e tinha uma chance para tentar recuperar a pole, mas acabei me atrapalhando falando no rádio e dei uma errada no Laranja, aí não deu. Acho que amanhã vai ser um dia muito bom e vou confiante para a corrida, estou muito esperançoso

JP Mauro, campeão de 2015 e segundo no grid da Challenge



Estou muito feliz. A categoria é muito competitiva e tem excelentes pilotos. Agora é desfrutar e ir com tudo amanhã para buscar um bom resultado. A verdade é que não esperava sair na segunda fila, pois achava que ia ter mais dificuldade de adaptação. Mas o setup do carro funcionou perfeitamente e me deixou muito contente. Competir em Interlagos é lindo. Nunca havia corrido em um circuito de F1 e sem dúvida é uma experiência única

Manuel Mallo, terceiro no grid da Challenge e estreante da etapa

 

Porsche GT3 Cup – Interlagos F1 – Corrida 1:

1. Ricardo Rosset, 16 voltas em 26min51s651

2. Pedro Piquet, a 2s513

3. Miguel Paludo, a 15s177

4. Lico Kaesemodel, a 17s937

5. Ricardo Baptista, a 21s112

6. Tom Valle, a 22s065

7. Gil Farah, a 24s944

8. Maurizio Billi, a 22s586*

9. Franco Giaffone, a 25s844

10. Sylvio de Barros, a 26s897

11. Marcio Basso, a 35s210

12. Rodolfo Ometto, a 37s210

13. Sérgio Ribas, 37s755

14. Marcelo Stallone, a 51s940

15. Carlos Silveira, a 57s065

16. Carlos Ambrósio, a 1min09s416

17. Guilherme Figueirôa, a 1min10s428

18. Daniel Schneider, a 9 voltas

19. Constantino Jr., a 15 voltas

20. Pedro Queirolo, a 16 voltas

21. Marcel Visconde, a 16 voltas

22. Adalberto Baptista, a 16 voltas

23. Eduardo Azevedo, excluído

Melhor volta: Eduardo Azevedo - 1min39s411 (volta 4)

*Punido com a perda de uma posição na prova

 

Porsche GT3 Challenge – Interlagos F1 – Grid:

1. Fabio Alves, 1min42s850

2. JP Mauro, a 0s025

3. Manuel Mallo, a 0s312

4. Paulo Tavares, a 0s315

5. Cristiano Piquet, a 0s446

6. Rodrigo Mello, a 0s656

7. Flávio Sampaio, a 0s682

8. The Tonny, a 0s762

9. Daniel Corrêa, a 0s827

10. Tom Filho, a 1s221

11. Márcio Mauro, a 1s373

12. Gonzalo Huerta, a 1s382

13. Marcello Sarcinella, a 1s698

14. Paulo Pomelli, a 2s044

15. Ramon Alcaraz, a 2s328

16. Beto Leite, a 2s563

17. Marcello Sant'Anna, a 3s209

18. Sun Moodley, a 4s051

19. Esteban Gini, sem tempo



Porsche GT3 Cup – Campeonato:

1. Ricardo Rosset, 233 pontos

2. Constantino Jr., 232

3. Miguel Paludo, 213

4. Ricardo Baptista, 172

5. Daniel Schneider, 146

   Lico Kaesemodel, 146

7. Pedro Queirolo, 126

8. Rodolfo Ometto, 114

9. Marcel Visconde, 110

10. Gil Farah, 97

11. Pedro Piquet, 91

12. Sylvio de Barros, 84

13. Eduardo Azevedo, 75

14. Maurizio Billi, 74

15. Franco Giaffone, 68

16. Carlos Ambrósio, 67

17. Sérgio Ribas, 27

18. Marcelo Stallone, 22

19. Marcio Basso, 20

20. Tom Valle, 19

21. Gui Affonso, 18

22. Guilherme Figueirôa, 17

23. Adalberto Baptista, 9

24. Roberto Posses, 7

25. Jorge Gomez, 3

    Carlos Silveira, 3

27. Fabián Taraborelli, 1


Texto: Luis Ferrari
Foto: Fernanda Freixosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário