quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Augusto Farfus almeja bom resultado no encerramento da temporada do DTM, em Hockenheim

Campeonato retorna ao palco da rodada de abertura para etapa decisiva, com títulos de pilotos, equipes e construtores em aberto. Objetivo do brasileiro, que completa sua 4ª temporada na categoria, é ajudar a BMW a garantir o terceiro título entre as montadoras nos últimos quatro anos.



Cinco meses se passaram desde o início da temporada 2015 do DTM, que realiza sua nona e última etapa neste fim de semana (16 a 18 de outubro), em Hockenheim, mesmo palco da abertura de campeonato. Único brasileiro no grid, Augusto Farfus chega animado para buscar um bom resultado, na pista onde venceu em 2013, e fechar com chave de ouro seu quarto ano na principal categoria de carros de turismo do mundo.

Grande novidade no regulamento deste ano, as rodadas duplas deram ainda mais emoção e equilíbrio ao campeonato, que tem os três títulos em aberto para a etapa final. São quatro os pilotos que chegam à decisão com chances matemáticas de conquistarem o título: Pascal Wehrlein, Edoardo Mortara, Mattias Ekström e Bruno Spengler, e também entre as equipes o troféu está em jogo. Com grande ascensão na reta final, a BMW chega a Hockenheim na liderança do campeonato de construtores, com uma vantagem de 51 pontos sobre a Mercedes-Benz, buscando o terceiro título em quatro anos após o retorno da montadora bávara à categoria. Consolidar essa conquista é o grande objetivo dos oito pilotos representantes da BMW.

Para Augusto Farfus, o início do ano foi complicado, com alguns reveses, mas na segunda metade da temporada o curitibano conseguiu se recuperar e conquistou resultados muito positivos. Farfus marcou a pole position duas vezes, subiu ao pódio em duas corridas, e teve outros dois top-5. Terminando na zona de pontuação em oito provas até aqui, o piloto de 31 anos ocupa a 8ª posição na classificação geral entre os 24 pilotos do grid, sendo o 3º melhor entre os pilotos da BMW.

As atividades de pista no traçado de 4.574 metros têm início na sexta-feira, com o shakedown e o primeiro treino livre. No sábado, acontece a segunda sessão de treinos, além de uma tomada de tempos e a corrida curta, de 40 minutos mais uma volta de duração. No domingo, mais uma tomada de tempos antecede a última corrida do DTM em 2015, com 60 minutos e um pit-stop obrigatório.

O canal Bandsports transmite as duas corridas ao vivo para o Brasil, no sábado a partir das 8h30 e no domingo às 11h.

Augusto Farfus:

"Terminar o ano com um bom resultado, que ajude a BMW a garantir o título de construtores, é o grande objetivo para essa etapa final, pois é algo muito importante para nós. Temos um bom histórico em Hockenheim, venci lá em 2013, e no começo deste ano, apesar de ter sido punido na classificação e largar do fim do pelotão, terminamos nos pontos, então temos um carro competitivo e chances de brigar por vitórias. A previsão é de muito frio e clima instável, o que não costuma ser favorável para nosso carro, mas vamos trabalhar bastante para, independente das condições, terminarmos o campeonato de forma positiva. Essa temporada não foi exatamente o que esperávamos, mas estou confiante em fechar o ano com chave de ouro."

Confira a programação do DTM em Hockenheim (horários de Brasília):

Sexta-feira, 16 de outubro:
6h35 às 7h10 - Shakedown
10h25 às 11h15 - 1º treino livre

Sábado, 17 de outubro:
4h às 4h50 - 2º treino livre
6h10 às 6h30 - Classificação 1
8h30 - Corrida 1

Domingo, 18 de outubro:(horário brasileiro de verão)
5h05 às 5h25 - Warm-up
7h40 às 8h - Classificação 2
11h15 - Corrida 2


Texto: EverSports
Foto: BMW

Nenhum comentário:

Postar um comentário