segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Raijan celebra evolução e planeja Top10 no campeonato

Rendimento em Curitiba deixou gostinho de quero mais para o piloto mato-grossense.


A oitava colocação nas duas corridas disputadas no último domingo (13), em Curitiba, mostram a evolução do caminhão #515 de Raijan Mascarello. Depois de avançar ao Top Qualifying no treino classificatório, Raijan já passa a pensar no Top 10 da classificação do campeonato dos caminhões mais velozes. Após o resultado na capital paranaense, ele chegou aos 114 pontos, assumindo a 12ª posição.

"É algo para se comemorar. O equipamento evoluiu, a equipe trabalhou muito bem e eu também mudei um pouco a tocada. O conjunto fez com que andasse na frente de muita gente, voltasse a disputar posições e até poderia chegar mais à frente", avalia o piloto.

Depois de se livrar do acidente que marcou a largada da prova, Raijan acabou sofrendo um toque em um disputa com Wellington Cirino e acabou quebrando o escapamento e o suporte da carenagem do seu caminhão.

"Isso comprometeu, porque perdeu potência e a saída do escapamento ficou direto no pneu, afetando a tração, além da carenagem ficar raspando no asfalto. Mesmo assim foi uma boa corrida", conta o piloto que leva as marcas Agroeste, Pontual, Hamakk, Concessionária Maxxicase e Fazendas Comil em seu caminhão.

Para a etapa que será disputa em Guaporé, no dia 4 de outubro, as pretensões de Raijan são de atingir o Top 10 da classificação. Para isso, precisará somar mais pontos que David Muffato e Wellington Cirino.

"Vamos pra cima. Se render como rendeu em Curitiba, será possível chegar em uma posição melhor", garantiu.


Texto: JR Assessoria de Imprensa
Foto: Rodrigo Ruiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário