sábado, 29 de agosto de 2015

DTM: Augusto Farfus tem sábado difícil na Rússia, mas aposta em melhor resultado na corrida 2

Brasileiro completou em 15º a primeira corrida da rodada, que foi marcada por acidentes e longos períodos de safety-car, mas acredita em carro competitivo para brigar pelas posições da frente neste domingo.



Após marcar o 5º melhor tempo no primeiro treino livre da etapa de Moscou do DTM, realizado na sexta-feira, Augusto Farfus não teve o sábado que esperava. Com chuva durante o treino da manhã, o brasileiro não teve muitas referências sobre o acerto do seu carro para a classificação. Saindo em 21º, Farfus avançou seis posições durante uma corrida conturbada, e completou as 24 voltas na 15ª posição. Para a segunda corrida da etapa, que acontece neste domingo, porém, Farfus está otimista em conseguir um resultado muito melhor e sair da Rússia com bons pontos no campeonato.

Com pista seca, a primeira corrida da etapa começou agitada, com um forte acidente entre Miguel Molina - que rodou no meio do pelotão - e Christian Vietoris - que vinha de trás e não conseguiu evitar a batida. Assim, o safety-car foi acionado e ficou na pista por seis voltas. Na relargada, com pouco mais de 25 minutos restantes, Farfus ocupava a 17ª posição. Menos de cinco voltas depois, um novo acidente entre Mattias Ekstrom e Timo Glock causou novamente a intervenção do safety-car por mais algumas voltas.

Numa pista conhecida por ter poucos pontos de ultrapassagem, e com tempo de ação reduzido na corrida mais curta do fim de semana - com 40 minutos e sem pit-stop -, o curitibano da BMW ganhou mais duas posições, mas não conseguiu chegar na zona de pontuação, mesmo com bom ritmo durante a prova. A vitória ficou com o alemão Pascal Wherlein, da Mercedes.

Confiante em seu potencial para brigar por um lugar no pódio no circuito Moscow Raceway, Augusto Farfus retorna à pista neste domingo (30) para a segunda classificação da etapa, às 7h25 (horário de Brasília). A corrida 2, que tem duração de 60 minutos e pit-stop obrigatório, está marcada para às 10h, e terá transmissão ao vivo do canal BandSports.

Augusto Farfus:

"Infelizmente não achamos o equilíbrio do carro para a classificação e isso comprometeu o nosso dia aqui em Moscou. Como o segundo treino aconteceu sob chuva, não pudemos testar o acerto que gostaríamos, então fomos para a tomada de tempos "no escuro", e não foi legal. Tivemos um bom ritmo na corrida, mas com pouco tempo de ação, não tive como avançar mais. De qualquer forma, foi importante completar a prova e colher informações sobre o que podemos melhorar para a corrida 2. Temos potencial para brigar pelas primeiras posições, e buscar um pódio é um objetivo possível. Seguimos confiantes para a corrida deste domingo!".

Resultado da corrida 1 em Moscou - 6ª etapa DTM:

1 - Pascal Wehrlein (Mercedes C63) - HWA - 24 voltas - 41"56"506
2 - Marco Wittmann (BMW M4) - RMG - 1"853
3 - Bruno Spengler (BMW M4) - MTEK - 2"563
4 - Jamie Green (Audi RS5) - Rosberg - 2"967
5 - Daniel Juncadella (Mercedes C63) - Mucke - 3"249
6 - Edoardo Mortara (Audi RS5) - Abt - 4"332
7 - Gary Paffett (Mercedes C63) - ART - 8"867
8 - Tom Blomqvist (BMW M4) - RBM - 10"039
9 - Nico Muller (Audi RS5) - Rosberg - 10"350
10 - Mike Rockenfeller (Audi RS5) - Phoenix - 11"001
11 - Antonio Felix Da Costa (BMW M4) - Schnitzer - 11"409
12 - Robert Wickens (Mercedes C63) - HWA - 11"813
13 - Lucas Auer (Mercedes C63) - ART - 12"234
14 - Paul Di Resta (Mercedes C63) - HWA - 12"600
15 - Augusto Farfus (BMW M4) - RBM - 15"248
16 - Maximilian Gotz (Mercedes C63) - Mucke - 15"534
17 - Martin Tomczyk (BMW M4) - Schnitzer - 15"649
18 - Maxime Martin (BMW M4) - RMG - 16"350
19 - Antonio Giovinazzi (Audi RS5) - Phoenix - 17"132
Não completaram:
Adrien Tambay
Mattias Ekstrom
Timo Glock
Miguel Molina
Christian Vietoris


Texto: EverSports
Foto: BMW

Nenhum comentário:

Postar um comentário