sexta-feira, 10 de julho de 2015

Leandro Totti na frente da Fórmula Truck em Goiânia

Piloto do caminhão Volkswagen Constellation foi o mais veloz na abertura dos treinamentos da categoria. Segundo treino livre acontece a partir das 14 horas.



Leandro Totti (Volkswagen Constellation) foi o mais rápido na abertura dos treinos livres da quinta etapa da Fórmula Truck. Na manhã desta sexta-feira, no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia, o piloto da RM Competições completou a volta nos 3.835 metros do traçado da capital de Goiás em 1min46s616, média de 129,5 km/h. O segundo e último treinamento livre do dia está marcado para acontecer às 14 horas e, assim como o da manhã, terá 60 minutos de duração.

O segundo lugar ficou com Paulo Salustiano, que teve o vidro do para-brisa depois de o caminhão passar sobre uma zebra. O vencedor da última prova, disputada no Velopark, marcou 1min47s312, e foi seguido por Felipe Giaffone (1min47s345).

Veja vídeo em: https://youtu.be/BLzE4o0A5lk


O terceiro treino livre acontece no sábado, mas das 9h às 9h45. Este treinamento define as posições dos pilotos para, às 14 horas, começar o treino classificatório. Os que terminarem nas posições ímpares (1º, 3º, 5º, 7º etc) integram o Grupo A enquanto os que encerrarem os trabalhos nos postos pares (2º, 4º, 6º, etc) formam o Grupo B. A série A entra na pista a partir das 14 horas e terá 15 minutos para definir os cinco mais velozes. Os pilotos do Grupo B treinam, pelos mesmos 15 minutos, a partir das 14h30 e também lutam pelos cinco primeiros lugares.

Os dez mais velozes, cinco do Grupo A e cinco do B, se classificam para o Top Qualifiyng, que com 10 minutos de duração, a partir das 15h05, decide o quinto pole position da temporada. Até agora, em quatro etapas, somente Paulo Salustiano, vice-líder do Campeonato Brasileiro, conseguiu quebrar a hegemonia de Felipe Giaffone, o líder, nas poles. Felipe marcou as três primeiras do ano (Caruaru, Campo Grande e Londrina) enquanto que Salustiano foi o mais veloz no Velopark, onde venceu de ponta a ponta.

Giaffone também está na frente no número de vitórias. Ele ganhou em Caruaru e em Londrina enquanto que Leandro Totti, o atual campeão da Fórmula Truck, venceu em Campo Grande e Salustiano no Velopark. De todos os pilotos o único a se manter entre os três primeiros desde a prova de abertura é o experiente Djalma Fogaça. Por esse motivo, Fogaça, primeiramente conhecido como Caipira Voador, mas agora chamado de Monstro, é o único a utilizar o restritor de potência em todas as etapas.

Criado em 2015 para dar mais equilíbrio ainda ao Campeonato Brasileiro da Fórmula Truck, o restritor é uma peça colocada na entrada de ar do turbo que reduz a potência dos motores dos três primeiros colocados na classificação geral. O líder Giaffone usa um com entrada de 74 milímetros, que tira cerca de 70 cavalos do motor do seu Volkswagen Constellation. Salustiano, que é o segundo, utiliza o de 76mm e deixa de usar algo em torno de 50 HP do motor do seu Mercedes-Benz, e Fogaça o de 78 milímetros e perde 30 cavalos de potência. Com seu Ford, o Monstro foi o único a se manter entre os três primeiros em todas as etapas.

Os mais velozes na manhã desta sexta-feira:

1º) Leandro Totti (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 1min46s616, média de 129,5 km/h
2º) Paulo Salustiano (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 
1min47s312
3º) Felipe Giaffone (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 
1min47s345
4º) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 1min47s546
5º) Djalma Fogaça (Ford), DF Racing Fans, 1min47s706
6º) Diogo Pachenki (Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, 
1min47s896
7º) Beto Monteiro (Iveco), Lucar Motorsports, 1min48s478
8º) Régis Boessio (Volvo), Boessio Competições, 1min48s461
9º) David Muffato (Scania), Muffatão, 
1min48s988
10º) Adalberto Jardim (Volkswagen Constellation-MAN), RM Competições, 1min49s015
11º) André Marques (MAN), RM Competições, 1min49s047
12º) Rogério Castro (Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1min49s548
13º) R
aijan Mascarello (Ford), DF Racing Fans, 1min49s554
14º) Roberval Andrade (Scania), Corinthians Motorsport, 1min51s066
15º) Jaidson Zini (Iveco), Dakar Motorsport, 
1min51s616
16º) Pedro Muffato (Scania), Muffatão, 

1min53s046
17º) Fabiano Brito (Scania), Falsi & Falsi Racing, 
1min57s985
18º) Débora Rodrigues (Volkswagen Constellation -MAN), RM Competições, 2min07s976
19º) Alex Fabiano (Volvo), Clay Truck Racing, 2min11s410
20º) Luiz Lopes (Iveco), Lucar Motorsports, 2min15s304
21º) Gustavo Magnabosco (Scania), Corinthians Motorsport, 2min16s061



Texto: Milton Alves
Foto: Orlei Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário