quinta-feira, 28 de maio de 2015

Stock Car faz primeira escala do ano em Curitiba

Depois de um mês, a Stock Car voltas às pistas neste fim de semana para a primeira de suas três escalas a Curitiba. No domingo, a categoria disputará a 4ª etapa da temporada na "casa" da RZ Motorsport.



A quarta etapa da Stock Car, marcada para o próximo domingo, 31 de maio, no Autódromo de Curitiba, promete ser de muita emoção, já que as previsões do tempo informam que pode chover durante a disputa. Ou seja, a história que marcou a passagem da categoria pela capital paranaense, em agosto do ano pasasdo, pode se repetir. Foram duas corridas caóticas, marcadas pela instabilidade climática.

"Espero que as previsões estejam erradas, pois seria muito bom voltar a Curitiba com pista seca e vamos fazer o que for preciso para lutar por um bom resultado", brincou o ex-F1, Luciano Burti.

Para o experiente piloto da RZ Motorsport as variações do clima trazem muitas dificuldades, principalmente, porque o Stock Car é um carro construído (chassi tubular). O trabalho das equipes é quase artesanal, o que acaba deixando algumas frestas por onde a água entra dentro do carro. Com a alta temperatura do motor, essa água evapora e os vidros embaçam, complicando bastante a visibilidade dos pilotos.

"Temos um desembaçador no para-brisa dianteiro, que funciona bem, mas ao mesmo tempo dos vidros laterais a visão fica bem prejudicada e essa é a dificuldade nas condições de chuva. Acho que sempre tem que haver um equilíbrio colocando a segurança em primeiro lugar. Chega um ponto que não tem jeito, pois temos a TV, a torcida e temos que fazer um esforço para fazer o evento acontecer e nesse caso não é colocar os pilotos em risco, mas parte desse risco faz parte do automobilismo e às vezes temos que enfrentar condições difíceis.

Companheiro de Burti, Rafael Suzuki tem um foco conquistar o máximo de pontos possível. "Estou otimista para voltar à Curitiba, é uma pista que sempre ando bem e tenho boas lembranças de lá, já que foi o lugar que consegui meu melhor resultado na Stock Car. Trabalhei para aprimorar o carro e a minha parte física desde a última etapa, então estou confiante. Quero focar em ter um carro rápido para a classificação, pois se largar no meio do pelotão, as chances de acidentes são grandes na largada já que temos uma sequência de curvas fechadas logo no fim da reta principal".

A programação em Curitiba inicia na sexta-feira com "shakedown" às 10h30, com mais um treino livre às 15h10. No sábado, o segundo treino livre está marcado para as7h50, com a definição do grid de largada às 12h, com transmissão ao vivo pelo Sportv. A corrida 1 está marcada para as 13h05 (de Brasília) e a corrida 2 às 14h20 do domingo, com transmissão ao vivo também pelo Sportv.


Texto: MS2 Comunicação
Foto: Rafael Gagliano

Nenhum comentário:

Postar um comentário