domingo, 17 de maio de 2015

Rompimento de mangueiras impede Régis Boessio de pontuar em Londrina

Depois de comemorar sétimo lugar no grid de largada da F-Truck, gaúcho lamenta abandono na terceira etapa da temporada.



A comemoração pela conquista da sétima posição no grid de largada da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, no sábado (16), contrastou com a frustração de Régis Boessio após abandonar a corrida deste domingo (17) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR). O piloto gaúcho da Boessio Competições, que vivia a expectativa de disputar uma vaga no pódio, não marcou pontos na corrida.

“O caminhão estava bom, havia a chance da gente brigar pelo primeiro pódio com o caminhão Volvo, mas tive um problema localizado”, definiu. “Foi o rompimento de três mangueiras da turbina. Agora vamos estudar as causas do que aconteceu para evitar outra decepção dessa e pensar na próxima corrida, ‘em casa’”, continuou o piloto, que tem no Volvo número 83 as cores e logos de Rodrigotto, Suspentech, BorgWarner e Aesa Molas.

A sequência da temporada da Fórmula Truck consolidará a primeira das três etapas gaúchas do Campeonato Brasileiro. A disputa está confirmada para 14 de junho no Autódromo Internacional Velopark, em Nova Santa Rita (RS). Em Londrina, a vitória coube ao piloto paulista Felipe Giaffone, da RM Competições, vice-líder da competição. Também piloto da RM, o paranaense Leandro Totti terminou a corrida em segundo e lidera o campeonato.

FÓRMULA TRUCK – GP DE LONDRINA
(Resultado da terceira etapa do Campeonato Brasileiro)

Primeira parte (15 voltas)
1º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 24min44s708
2º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 4s100
3º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 10s180
4º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, a 13s096
5º) André Marques (SP/MAN), RM Competições, a 14s384
6º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 28s693
7º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakar Motorsport, a 38s565
8º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, a 44s524
9º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 56s012
10º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 1min03s521
11º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 1min10s527
12º) Rogério Castro (GO/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 1min23s696
13º) Alex Fabiano (SP/Volvo), Clay Truck Racing, a 1min39s263
14º) Gabriel Correa (GO/Ford), Original Reis, a 1min40s493
15º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 2 voltas
16º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 4 voltas
17º) Gustavo Magnabosco (SC/Scania), Corinthians Motorsport, a 4 voltas
NÃO COMPLETARAM
Roberval Andrade (SP/Scania), Corinthians Motorsport, a 8 voltas
Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 9 voltas
David Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 9 voltas
Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, a 9 voltas
Fabiano Brito (PR/Scania), Falsi & Falsi, a 12 voltas
Melhor volta: Giaffone, 1min37s826, média de 115,736 km/h

Segunda parte (8 voltas)
1º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, 23min31s320
2º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 0s469
3º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 4s053
4º) André Marques (SP/MAN), RM Competições, a 5s142
5º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 5s444
6º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakar Motorsport, a 17s367
7º) Rogério Castro (GO/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 18s712
8º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 19s058
9º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, a 25s811
10º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 31s689
11º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 33s129
12º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, a 38s988
13º) Alex Fabiano (SP/Volvo), Clay Truck Racing, a 45s551
14º) Gabriel Correa (GO/Ford), Original Reis, a 53s343
15º) Gustavo Magnabosco (SC/Scania), Corinthians Motorsport, a 57s126
NÃO COMPLETARAM
Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições, a 4 voltas
Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 5 voltas
Melhor volta: Totti, 1min38s059, média de 115,461 km/h

CLASSIFICAÇÃO
Após três etapas, a classificação do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck é a seguinte: 1º) Totti, 123 pontos; 2º) Giaffone, 106; 3º) Fogaça, 101; 4º) Salustiano, 93; 5º) Zini, 85; 6º) Cirino, 75; 7º) Marques, 68; 8º) P. Muffato, 67; 9º) Monteiro, 63; 10º) Pachenki e Castro, 60; 12º) Magnabosco, 57; 13º) Fabiano, 38; 14º) D. Muffato, 37; 15º) Jardim, 35; 16º) Mascarello, 31; 17º) Rodrigues, 29; 18º) Corrêa, 27; 19º) Lopes e Andrade, 24; 21º) Boessio, 10.


Texto: Grelak Comunicação
Foto: Orlei Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário