domingo, 2 de novembro de 2014

Nota Oficial - Autódromo de Tarumã

Acidente suspendeu prova do Brasileiro de Turismo


A Administração do Autódromo Internacional de Tarumã informa que não há, na reta dos boxes, qualquer tipo de produto químico usado em outras pistas para maior aderência em provas de arrancadas. Diferentemente do que está sendo comunicado por pilotos e presentes na etapa da Stock Car não há possibilidade de terem permanecido resíduos no asfalto do produto chamado VHT e que teriam dificultado a aderência dos carros do Brasileiro de Turismo e teriam causado o acidente na Curva 1. O material não é usado no Racha Tarumã pelo fato das disputas serem realizadas à noite, já que o produto perde aderência em função do sereno.

A sequência de acidentes na Curva 1 foi causada por uma situação normal em pista molhada e escorregadia que exigem o cuidado e desaceleração dos carros. O fato ocorreu na prova do Brasileiro de Turismo, preliminar à corrida da Stock Car. Um carro escapou durante o Warm Up, outros dois bateram na muralha de pneus e na sequência houve outra batida em um carro de segurança que fazia o resgate na pista. Não houve nenhum ferido.


Texto: PlayPress Assessoria de Imprensa
Foto: Marcelo Matusiak

5 comentários:

  1. Não faço questão nenhuma de prestigiar estes covardes que se dizem pilotos! QUEREM UM ESPORTE SEM RISCO, que joguem dama, carta, poker o caralho que for, mas peço que nunca mais voltem a Tarumã! Sinto vergonha pelos pilotos antigos da stockcar, como Ingo Hoffmann, Paulo Gomes etc. BANDO DE MEIA RODA!

    ResponderExcluir
  2. Além de terem fudido com o traçado original do circuito com chicane que não serviu pra nada!

    ResponderExcluir
  3. O Opala 6 cilindros usava motor a álcool com potência de 225 cv brutos, o que fazia o carro ir de 0 a 100 km/h em 7,78 segundos. Em 94, o Omega Stock Car herdou o 4.1 de 270 cv e o câmbio de 5 marchas, mas pesava 1200 kg, contra os 1180 kg do Opala, sendo mais lento e de frenagem inferior.
    Em 97, o Omega com tripla carburação rendia cerca de 350 cv's. Hoje, estão com 450 cv's mais a adição do Push-to-pass que adiciona mais de 50 cv a cada descarga... Bem mais do que o dobro !!
    NÃO DÁ PRA COMPARAR ..... Tem que ter coragem pra colocar o nome verdadeiro também ...

    ResponderExcluir
  4. nunca pilotos como sitado pelo pajé iriam se arriscar pilotando carros com 450cv nas condições de tarumã hj, nunca !!! quem vive de passado é torcedor de futebol ....

    ResponderExcluir
  5. Não é a primeira vez que é cancelada uma prova de stock car pro causa da chuva aqui em tarumã.
    Acompanho as arrancadas e não é usado vht mesmo embora gostariamos que usassem.

    ResponderExcluir