domingo, 31 de agosto de 2014

Rafael Suzuki enfrenta tempestade em Curitiba e volta a pontuar em temporada de estreia na Stock Car

Na mais caótica das etapas do campeonato, um grande temporal desabou sobre o circuito paranaense neste domingo, fazendo com que a primeira corrida fosse abreviada com menos de 75% de duração prevista, reduzindo pela metade a contagem de pontos nesta prova.



A Stock Car viveu neste domingo (31), em Curitiba, sua etapa mais caótica em muitos anos. Depois de dias de sol na região do autódromo paranaense, os 34 pilotos do grid enfrentaram uma verdadeira tempestade, que atrapalhou todo o cronograma da rodada dupla deste fim de semana. Diante de tamanho desafio em seu ano de estreia na categoria, Rafael Suzuki buscou ser conservador ao máximo para preservar seu carro na pista na primeira corrida, postura que o ajudou a pontuar mais uma vez na temporada.

Mesmo com as condições impraticáveis do asfalto, baixíssima visibilidade dentro do carro e duas intervenções do safety-car, o paulista radicado no Maranhão, após ter largado em 25º, vinha em 20º quando a disputa foi interrompida com bandeira vermelha por razões de segurança. Após mais de uma hora de paralisação, a direção de prova optou pelo seu encerramento. Em razão da regra que prevê distribuição de pontos pela metade nos casos em que uma corrida é encerrada com menos de 75% de duração, Suzuki somou meio ponto no campeonato.

A intensidade da chuva diminuiu bastante durante a interrupção da corrida 1, de modo que a organização da Stock Car, em comum acordo com os pilotos, decidiu ir em frente com a segunda prova da rodada. Suzuki largou em 20º e permaneceu cauteloso em busca de mais pontos em Curitiba. Mas a prova foi igualmente caótica, com pouco tempo de bandeira verde, e o piloto da ProGP acabou sendo acertado por outro competidor quando faltavam quatro voltas para o fim da etapa, abandonando a corrida.

Na sequência de um fim de semana dos mais difíceis no campeonato, Rafael entende que foi mais uma etapa do seu aprendizado na Stock Car. A categoria volta às pistas dentro de duas semanas para a rodada dupla que será disputada no circuito do Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul.

Rafael Suzuki:

"Hoje foi um dia atípico para todo mundo e, por questões de segurança, praticamente não corremos. Ganhei algumas posições nas duas ou três voltas que completamos na prova 1 para pontuar, e foi o que deu para fazer considerando todas as circunstâncias. Velopark já está aí, e confio que continuaremos progredindo."


Texto: EverSports
Foto: Marcus Cicarello/Hyset

Nenhum comentário:

Postar um comentário