quarta-feira, 23 de outubro de 2013

World Series: Pietro Fantin fecha bateria de testes em Barcelona pela Draco e faz balanço positivo

Ao longo de dois dias, o piloto curitibano completou 141 voltas no circuito Barcelona-Catalunya, totalizando mais de 650 km, fechando o acumulado dos quatro testes com o décimo melhor tempo.


Há exatamente um ano, Pietro Fantin testava pela primeira vez com um carro da Formula Renault 3.5, principal categoria da World Series by Renault, em Barcelona. 365 dias depois, o curitibano, muito mais experiente depois de ter feito 17 corridas entre agosto e outubro, correndo pela Arden Caterham, participou de uma intensa bateria de testes com duração de dois dias, entre terça e esta quarta-feira (23), novamente no circuito catalão. Agora com muito mais bagagem e experiência com o carro da categoria, o piloto de 21 anos foi convidado pela equipe ítalo-brasileira International Draco Racing, comandada por Guto Negrão, e teve bom desempenho. Depois de ter cumprido nada menos que 141 voltas, alcançando a marca de 656,355 km no acumulado de dois dias, Fantin obteve o décimo melhor tempo, ficando muito satisfeito com o trabalho realizado em conjunto com a Draco.

A programação da Formula Renault 3.5 para os dois dias de atividade de pista no circuito Barcelona-Catalunya compreendeu quatro testes coletivos. Pietro esteve presente em todos eles e guiou o #18 da Draco. O curitibano esteve sempre entre os dez primeiros numa terça-feira de tempo bom na Catalunha. Na primeira sessão, Fantin fechou em nono, com 1min30s465 com melhor tempo obtido ao longo de 46 voltas. No período da tarde, o brasileiro voltou à pista para anotar a quarta marca, 1min31s091 no melhor dos 30 giros. O mais rápido do dia foi o espanhol Carlos Sainz Jr., que testou pela escuderia Pons.

Já nesta quarta-feira, a programação definida pela Draco não estava focada nos tempos de volta, mas sim em testes com novos componentes, sobretudo na parte da tarde. Tanto que, pela manhã — que começou com uma leve chuva —, Pietro se aproximou do seu melhor tempo da semana e cravou 1min30s786, chegando ao sexto lugar da tabela. No período vespertino, concentrado em trabalhar de acordo com o cronograma da escuderia ítalo-brasileira, Fantin registrou 1min31s611 na melhor das 29 voltas completadas, ficando em 13º. Desta vez, o comandante da lista de tempos foi o filipino Marlon Stockinger, piloto da Lotus.

Entre os pontos positivos levantados por Fantin no rescaldo desses dois dias de testes em Barcelona estão a boa receptividade por parte da Draco e o clima mais latino, diferente do que o piloto estava acostumado à Arden Caterham, composta predominantemente por britânicos. Outro fator bem avaliado por Pietro foi a boa relação com seu engenheiro de pista, algo que o deixou bastante satisfeito. Durante os dois dias de testes na Catalunha, o brasileiro esteve sempre acompanhado do compatriota Augusto Farfus, que lhe serviu de ‘coach’ ao longo das atividades de pista.

Depois de completados os testes desta semana, Fantin volta à Inglaterra, onde mantém residência, e seguirá avaliando as próximas atividades que executará ainda este ano, com planejamento visando a temporada 2014 da Formula Renault 3.5.


Pietro Fantin:

"Foram dois dias muito bons. Fiquei muito feliz por ter trabalhado com a Draco nos testes, gostei muito do contato com a equipe, com o Guto Negrão, com o engenheiro de pista, então o balanço é bastante positivo. Ontem foi um dia muito produtivo, andando entre os dez primeiros nos dois testes. Hoje também fomos muito bem, sobretudo pela manhã. Fechamos em sexto, mas poderia ter sido até mais rápido, já que não fiz uma volta perfeita com meu pneu novo. À tarde, a equipe testou peças no carro que eram bem diferentes das que eu estava andando. Foi bom e importante para testar e passar um feedback à equipe. Por isso não fiz um tempo melhor. Mas foi legal para testar nessas condições. O fato é que fiquei bastante contente. Agora é seguir trabalhando de olho em 2014."


Texto: EverSports
Foto: Paolo Pellegrini

Nenhum comentário:

Postar um comentário