domingo, 20 de outubro de 2013

“Para nós, deu tudo errado”, diz chefe de equipe da Motortech Competições

Equipe gaúcha admite decepção com sexto lugar de Ebrahim e 15º lugar de Morestoni na sexta etapa do Brasileiro de Turismo.



A Motortech Competições viveu um fim de semana de dificuldades na sexta e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo. A corrida deste domingo (20) no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR), teve o paranaense Wagner Ebrahim e o catarinense Tito Morestoni, pilotos da equipe gaúcha, em sexto e em 15º lugar, respectivamente. A vitória foi do tocantinense Felipe Fraga, que retomou a liderança da temporada.

“Ainda temos que sentar, analisar e refletir. Por enquanto só temos uma certeza: para nós, deu tudo errado nesta etapa”, lamentou o chefe de equipe Adilson Morari. “Chegamos aqui esperando mais, muito mais, depois de todo o trabalho que foi feito. Antes da corrida até levamos os carros à sede da JL em São Paulo para repassar os motores no dinamômetro, revisamos tudo que era possível. Era para termos resultados melhores”, desabafou.

Décimo no grid, Ebrahim figurou em oitavo durante maior parte da prova, sempre envolvido em disputas diretas com os pilotos de seu pelotão. Na última volta, acabou beneficiado por duas saídas de pista quase simultâneas para ser o sexto e pontuar pela quarta vez consecutiva. Morestoni, que largou em 12º, chegou a integrar o grupo dos dez primeiros colocados, mas abandonou cinco voltas antes do fim da prova, com a quebra da alavanca de câmbio.

“Como em qualquer outra situação em que as coisas não saem como deveriam sair, vamos avaliar e analisar com calma tudo que for possível antes de definirmos onde devemos mudar”, comentou Morari, que espera compensar o fim de semana abaixo da média com bons resultados na sétima e penúltima etapa, marcada para 10 de novembro em Brasília, no Autódromo Internacional Nelson Piquet. “Vamos atrás de recuperar o prejuízo”, finalizou.

A equipe teve participação na temporada de 2013 viabilizada pelo governo do Estado Rio Grande do Sul, através do PróEsporte. Agrale, CCJ Turismo e Harsil são parceiras da iniciativa. Após 25 voltas, a classificação final da sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Turismo em Pinhais foi a seguinte:

1º) Felipe Fraga (TO/W2 Racing), 37min12s117
2º) Fábio Carreira (SP/W2 Racing), a 2s906
3º) Marco Cozzi (SP/Carlos Alves Competições), a 4s364
4º) Leandro Romera (SP/J. Star Racing), a 6s718
5º) João Pretto (MT/Mottin Racing), a 6s871
6º) Wagner Ebrahim (PR/Motortech Competições), a 7s147
7º) Beto Gresse (SP/Nascar Motorsport), a 7s652
8º) Felipe Tozzo (SC/Nascar Motorsport), a 9s299
9º) Gabriel Casagrande (PR/Carlos Alves), a 9s559
10º) Raphael Abbate (SP/Carlos Alves Competições), a 13s943
11º) Luiz Ribeiro (RS/Mottin Racing), a 14s234
12º) Carlos de Souza (PR/RKL Competições), a 22s564
13º) Marco Garcia (PR/RKL Competições), a 1 volta
14º) Pedro Boesel (PR/Hot Car Racing), a 3 voltas
15º) Tito Morestoni (SC/Motortech Competições), a 5 voltas
NÃO COMPLETARAM
Mauri Zacarelli (SP/Hot Car Racing), a 8 voltas
Fernando Fortes (SP/J. Star Racing), a 22 voltas
Melhor volta: Fraga, na 3ª, 1min25s476, média de 155,622 km/h

A duas etapas do término, a classificação do Brasileiro de Turismo é a seguinte: 1º) Felipe Fraga, 108 pontos; 2º) Marco Cozzi, 94; 3º) Pedro Boesel, 93; 4º) Gabriel Casagrande, 92; 5º) Beto Gresse, 80; 6º) Tito Morestoni, 75; 7º) Raphael Abbate, 64; 8º) Mauri Zacarelli, 60; 9º) Wagner Ebrahim, 56; 10º) João Pretto, 50; 11º) Fábio Carreira, 46; 12º) Luiz Ribeiro, 44; 13º) Fernando Fortes, 39; 14º) Leandro Romera, 30; 15º) Felipe Tozzo, 29; 16º) Guilherme Salas e Andersom Toso, 13; 18º) Luiz Sena Júnior, 11; 19º) Guilherme Figueirôa e Guilherme Sperafico, 10; 21º) Marcelo Hahn e Carlos de Souza, 9; 23º) Marco Garcia, 8.


Texto: Grelak Comunicação
Foto: Vanderley Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário