domingo, 8 de setembro de 2013

Márcio Campos vence em Pinhais e retoma liderança do campeonato

Bicampeão do Mercedes-Benz Grand Challenge confirma favoritismo e domina quinta etapa no Autódromo Internacional de Curitiba.



Márcio Campos consolidou neste domingo (8) mais um “fim de semana perfeito”, conforme sua própria definição, no Mercedes-Benz Grand Challenge. Mais rápido em todos os treinos da quinta etapa, o gaúcho da Sicredi Racing largou da pole-position e venceu praticamente de ponta a ponta a corrida em Pinhais (PR), no Autódromo Internacional de Curitiba. O resultado devolveu-lhe a liderança do campeonato.

Apesar de ter liderado quase todas as 28 voltas da corrida – só não foi o primeiro quando parou nos boxes para cumprir seu pit stop obrigatório –, o líder do campeonato manifestou dificuldades. “Tive problema com o aquecimento e o freio passou a funcionar de uma maneira bem pior da metade da corrida para a frente. Então, tentei administrar melhor, já que no início tive um ritmo mais forte, que me deu alguma vantagem”, falou.

Quando voltou dos boxes após o pit stop, Campos estava mais de seis segundos à frente do mineiro Edson Júnior, então em segundo lugar. O piloto da RSPorts acabou superado por Cesare Marrucci, da WRacing, que obteve seu melhor resultado na temporada, terminando em segundo. “A situação ficou mais complicada com o desgaste do carro, então tirei um pouco o pé e assim consegui administrar a corrida e vencer”, resumiu.

O paulista Neto de Nigris, da Gramacho-De Nigris, chegou a Pinhais na liderança do campeonato e terminou a etapa em sexto lugar. Assim, foi a 78 pontos. Campos, com a segunda vitória no ano, foi a 81. “Temos três corridas pela frente, 60 pontos em jogo e nada definido, mas é ótimo voltar a vencer e poder retribuir com o resultado o apoio que recebi da Torcida Sicredi, que mais uma vez compareceu em peso à corrida”, falou o piloto.

Em sua campanha pelo tricampeonato, Márcio Campos tem no carro 31 da equipe Sicredi Racing as cores de Icatu e Mapfre, seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi. A próxima etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge será disputada no dia 6 de outubro no Autódromo Internacional Velopark, na cidade gaúcha de Nova Santa Rita. Em Pinhais, depois de 28 voltas, o resultado final da corrida deste domingo foi o seguinte:

1º) Márcio Campos (RS), Sicredi Racing, 46min11s430
2º) Cesare Marrucci (SP), WRacing, a 2s253
3º) Edson Coelho Júnior (MG), RSports, a 4s401
4º) Arnaldo Diniz Filho (SP), Dragão Motorsport, a 20s420
5º) Rubens Tilkian (SP), Dragão Motorsport, a 26s945
6º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, a 29s665
7º) Léo de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, a 48s636
8º) Amorim Júnior (SP), Fiolux-RSports, a 52s049
9º) Linneu Linardi (SP), SBC Trans, a 1min26s352
10º) Peter Gottschalk Júnior/Marcos Paioli (SP), Paioli Racing, a 1min32s570
11º) Betinho Sartório (ES), Della Via, a 1 volta
12º) Roberto Santos (SP), Della Via, a 1 volta
NÃO COMPLETOU
Beto Rossi (SP), RSports, a 20 voltas
Melhor volta: Campos, na 6ª, 1min33s669, média de 142,010 km/h

CLASSIFICAÇÃO
Após cinco das oito etapas, a classificação do Mercedes-Benz Grand Challenge é a seguinte: 1º) Marcio Campos, 81 pontos; 2º) Neto de Nigris, 78; 3º) Rubens Tilkian, 69; 4º) Edson Júnior, 58; 5º) Arnaldo Diniz e Cesare Marrucci, 46; 7º) Fernando Amorim Júnior, 44; 8º) Marcos Paioli, 35; 9º) Peter Gottschalk Júnior, 32; 10º) Leo De Nigris, 30; 11º) Peter Michael Gottschalk, 26; 12º) Roberto Santos, 23; 13º) Betinho Sartório e Linneu Linardi, 22; 15º) Beto Rossi, 17; 16º) Rafael Zapelini, 15; 17º) Fernando Júnior, 13; 18º) Beto Santos/Raphael Teixeira, 9; 19º) Jorge Tamake Júnior, 4; 20º) Rodney Felício e Betão Fonseca, 0.


Texto: Grelak Comunicação
Foto: Fernanda Freixosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário