domingo, 15 de setembro de 2013

Mais duas punições no Circuito Nova Schin Stock Car

Resultado não modificou as primeiras colocações da nona etapa, disputada neste domingo no Autódromo Velopark, em Nova Santa Rita, cidade situada na Grande Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.



Os comissários desportivos da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), decidiram punir mais dois pilotos por atitude antidesportiva. Depois de analisarem e aceitarem as reclamações feitas após o final da nona etapa, disputada neste domingo no Velopark, tiveram 20 segundos acrescentados ao tempo final Gabriel Casagrande e Galid Osman. Casagrande caiu do 20º para o 22º lugar e deixou de marcar mais um ponto em sua segunda corrida na mais importante e tradicional corrida do automobilismo brasileiro. Já Osman, que havia abandonado a corrida, se manteve na 23ª posição.

Nonô Figueiredo, que já havia perdido 15 posições no grid de largada da próxima etapa, dia 20 de outubro em Curitiba, por atitude antidesportiva contra Tuka Rocha, recebeu outra penalização, pelo mesmo motivo, mas contra Ricardo Sperafico. Além da perda de posições, Nonô também recebeu uma advertência.

Novo resultado da nona etapa do Circuito Nova Schin Stock Car:

1) Daniel Serra (Red Bull Racing), 38 voltas em 41min06s688, média de 126,34 km/h
2) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 2s328
3) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), 3s702
4) Valdeno Brito (Shell Racing), a 8s541
5) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 8s930
6) Max Wilson (Eurofarma RC), a 10s616
7) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 11s992
8) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 12s135
9) Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team), a 13s844
10) Popó Bueno (Shell Racing), a 14s181
11) Luciano Burti (Boettger Competições), a 14s524
12) Rubens Barrichello (Full Time Competições), a 14s855
13) Rodrigo Sperafico (Prati-Mico's Racing), a 15s838
14) Denis Navarro (Voxx Racing Team), a 16s119
15) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 16s145
16) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 20s814
17) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 23s033
18) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 23s654
19) Fábio Fogaça (Vogel Motorsport), a 23s870
20) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), a 29s253
21) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 29s751
22) Gabriel Casagrande (RC3 Bassani), a 46s206
23) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 2 voltas
24) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 11 voltas
25) Tuka Rocha (BMC Racing), a 22 voltas
26) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), a 22 voltas
27) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 23 voltas
28) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 24 voltas
29) Julio Campos (Prati-Mico's Racing), a 27 voltas
30) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 27 voltas
31) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), a 38 voltas
32) Allam Khodair (Vogel Motorsport), a 38 voltas
33) Duda Pamplona (Officer ProGP), a 38 voltas
34) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 38 voltas

Melhor volta: Daniel Serra, 54s374, média de 150,82 km/h

Os dez primeiros no Circuito Nova Schin Stock Car:

1) Daniel Serra, 154 pontos
2) Cacá Bueno, 144
3) Ricardo Maurício, 143
4) Thiago Camilo, 141
5) Max Wilson, 117
6) Valdeno Brito, 109
7) Marcos Gomes, 88
8) Rubens Barrichello, 73
9) Sérgio Jimenez, 72
10) Ricardo Zonta, 70

O Circuito Nova Schin Stock Car tem organização e realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A Nova Schin é o patrocinador master da principal categoria do automobilismo brasileiro, dando nome ao campeonato, que ainda tem o patrocínio da Pirelli, além do copatrocínio de Shell V-Power Etanol, Bosch, Mobil Super, Pioneer e o apoio da Transzero. As montadoras são Chevrolet e Peugeot.

Mais informações no site: www.stockcar.com.br

Texto: Vicar Brasil
Foto: Duda Bairros

Nenhum comentário:

Postar um comentário