sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Gustavo Lima fecha temporada de estreia na Formula 4 no tradicional circuito de Donington Park

Satisfeito com evolução alcançada ao longo de 2013, brasiliense busca encerrar participação no campeonato com chave de ouro depois de ter conquistado seu melhor resultado em Snetterton.


A mais nova categoria de base do automobilismo mundial encerra sua primeira temporada regular neste fim de semana (28 e 29). Depois de 21 corridas, a Formula 4 Inglesa, que abriu novos horizontes para grandes talentos do esporte a motor, realiza no lendário circuito de Donington Park a última etapa de um campeonato extremamente disputado e bem-sucedido. Para Gustavo Lima, 2013 foi um ano de muito aprendizado e evolução contínua. Em sua segunda temporada completa nos monopostos, o brasiliense de 17 anos cresceu em cada etapa e consolidou sua performance com a conquista do seu melhor resultado, obtido em Snetterton, há duas semanas. Agora, a expectativa do piloto da HHC Motorsport é fechar o ano com chave de ouro antes de voltar às pistas em 2014.

A oitava e última rodada tripla da Formula 4 em 2013 acontecerá no único circuito que ainda não recebeu uma corrida da categoria. Contudo, a pista britânica não é desconhecida dos pilotos do grid. Isso porque, na pré-temporada, os competidores tiveram a oportunidade de cumprir uma sessão de testes. Gustavo não esconde seu apreço por Donington Park e acredita que o fim de semana será de disputas empolgantes na pista, como tem sido toda a temporada da Formula 4. Para a derradeira etapa do calendário, a organização do campeonato optou pelo traçado tradicional, o chamado Grand Prix Circuit, com 4.023 metros de extensão e 12 curvas.

Outro fator que inspira bastante Lima para correr em Donington Park é o fato de o circuito ter sido o palco da épica primeira volta de Ayrton Senna no Grande Prêmio da Europa de Formula 1 em 1993. O tricampeão mundial ultrapassou nada menos do que quatro pilotos (Karl Wendlinger, Michael Schumacher, Damon Hill e Alain Prost) pouco depois da largada e rumou para uma vitória histórica debaixo de uma chuva torrencial. Duas décadas depois, o jovem brasiliense entende que acelerar numa pista tão especial vai lhe motivar ainda mais para empreender uma luta por um lugar no pódio no desfecho da temporada. Depois de uma campanha bastante promissora em Snetterton, onde chegou a brigar pela liderança na segunda corrida da rodada tripla, Gustavo se mostra confiante em alcançar seu objetivo neste fim de semana.

No fim das contas, a avaliação que o brasileiro faz de sua primeira temporada na Formula 4 Inglesa é positiva. Não apenas pela sua evolução e aprendizado dentro das pistas, mas também pelo seu crescimento como pessoa. Lima atribuiu boa parte deste avanço ao trabalho efetuado pelos seus coaches ao longo da temporada - os também pilotos Rafael Suzuki e Luiz Razia. Depois de um intenso trabalho de desenvolvimento, a expectativa de Gustavo é voltar bem mais forte e brigar pelo título da competição desde a primeira etapa na temporada de 2014.

A rodada tripla derradeira de 2013 em Donington Park compreende a realização de treinos livres, que desta vez acontecerão na quinta-feira. No sábado, a programação prevê a disputa da única sessão classificatória do fim de semana, com duração de 20 minutos, pela manhã, e a largada da corrida 1, no período da tarde. O resultado desta prova determina o grid de largada da corrida 2, marcada domingo pela manhã. Enquanto isso, a última peleja, que terá seu alinhamento inicial definido pela melhor volta de cada piloto no combinado das duas corridas anteriores, ocorre no começo da tarde, fechando a primeira temporada regular da mais nova categoria de base do automobilismo mundial, que definirá neste fim de semana o primeiro campeão de sua história. Como prova do equilíbrio da temporada, nada menos do que seis pilotos chegarão com chances de faturar a taça: Jake Hughes (atual líder do campeonato), Jack Barlow, Seb Morris, Matthew Graham, Charlie Robertson e Jake Dalton.

Gustavo Lima:

"Chego ao fim da temporada satisfeito porque foi um ano de muita evolução, tanto como pessoa quanto como piloto. Tive a ajuda do Rafael Suzuki e do Luiz Razia, e isso contribuiu muito para que esse desenvolvimento ocorresse ao longo do ano. Conheço a pista de Donington, já que treinei lá na pré-temporada. Trata-se de um circuito bem extenso, com ótimos pontos de ultrapassagem, então creio que teremos grandes corridas, com belas disputas. Essa etapa terá um gostinho especial porque Donington Park foi o palco de uma das mais belas corridas do Senna. A motivação é total, estamos cada vez mais disputando as primeiras posições. Em Snetterton, cheguei até a brigar pela liderança, então vamos com tudo para fechar o ano com chave de ouro."

Programação para etapa de Donington Park (horários de Brasília):

Sábado (28):
5h35 às 5h55 - Classificação
12h - Corrida 1

Domingo (29):
6h - Corrida 2
10h30 - Corrida 3


Texto: EverSports
Foto: Jakob Ebrey

Nenhum comentário:

Postar um comentário