sábado, 7 de setembro de 2013

GT Open: Irregularidade no pit-stop e quebra da suspensão acabam com chances dos brasileiros em Spa

Suzuki e Pantano foram punidos quando o italiano foi chamado aos boxes com safety-car na pista enquanto lideravam a prova. Com quebra da suspensão, Chris van der Drift, parceiro de Luiz Razia, bateu forte e viu participação da dupla na etapa se encerrar mais cedo.



Se o fim de semana da sexta e penúltima etapa do International GT Open começou muito bem para a Bhai Tech Racing, na sexta-feira, o mesmo não se pode dizer deste sábado (7). Embora os dois carros tenham mostrado boa performance na sessão classificatória, a corrida 1, que foi disputada num misto de pista seca e molhada, acabou por ser bastante desfavorável. Rafael Suzuki e Giorgio Pantano, que ocupavam a liderança da prova na categoria GTS, foram punidos por efetuarem a troca de pilotos durante o período de vigência do safety-car. Pouco depois de Luiz Razia entregar o McLaren MP4-12C a Chris van der Drift, o neozelandês sofreu com a quebra da suspensão de seu carro e bateu forte na Eau Rouge, encerrando a participação do duo em Spa-Francorchamps, já que não há condições de o #66 ser reparado em tempo para a corrida 2, neste domingo.

As sessões classificatórias foram bastante satisfatórias para os dois carros da Bhai Tech. Na primeira tomada de tempos, Pantano cravou o segundo melhor tempo na classe GTS. Por sua vez, Razia garantiu o terceiro lugar em sua categoria. Na definição do grid de largada da corrida 2, Van der Drift cravou a pole-position da GTS, enquanto Suzuki assegurou o nono melhor tempo. Parecia mesmo o prenúncio de um fim de semana bastante positivo. Mas não foi exatamente isso o que aconteceu no segundo dia de atividades no circuito belga.

Pantano abriu a corrida para o duo ítalo-brasileiro. Com a pista ainda seca, o experiente piloto italiano largou bem e foi ganhando posições preciosas, assumindo a liderança da classe GTS e, de quebra, ainda passou um piloto da GT2, partindo em boas condições de levar o conjunto #65 da equipe Bhai Tech à vitória em Spa. Razia abriu a corrida para o #66 e se manteve entre os primeiros desde o princípio, mas como o baiano ficou preso no tráfego, a equipe decidiu antecipar a troca de pilotos para o momento em que a janela de pit-stops foi aberta, entregando o volante do McLaren MP4-12C para Chris van der Drift.

Em sua segunda volta na pista, a suspensão do carro #66 quebrou e Van der Drift bateu forte na Eau Rouge, a curva mais temida de Spa-Francorchamps. O neozelandês não se machucou, mas por conta das inúmeras avarias no bólido, Razia e Chris sequer vão alinhar no grid para a corrida de domingo.

A batida de Van der Drift levou a direção de prova a autorizar a entrada do safety-car. Neste tempo, a equipe Bhai Tech chamou Pantano para parar e entregar a condução do seu McLaren MP4-12C para Rafael Suzuki. Entretanto, acabou por ser uma falha da equipe, uma vez que fazer a troca dos pilotos durante o período em que o safety-car está na pista é proibido pelo regulamento.

Algumas voltas depois, Suzuki - como a maioria dos pilotos do grid - parou para colocar pneus de chuva, que apertou na fase final da corrida. Contudo, o conjunto acabou sendo punido pela direção de prova com o acréscimo de uma volta. Já que não havia mais chances de vitória, a equipe optou por encerrar a participação da dupla, até mesmo para evitar riscos, levando em conta o asfalto bastante encharcado do circuito belga.

A dupla vencedora neste sábado na categoria GTS foi Lorenzo Bontempelli e Marco Frezza, a bordo da Ferrari F458 da equipe Kessel Racing . Suzuki e Pantano continuam na segunda posição no campeonato, agora empatados com Bontempelli, com 38 pontos, um a menos que o líder Miguel Toril.

A segunda corrida da etapa está marcada para as 7h10 (horário de Brasília) deste domingo. Rafael Suzuki inicia a prova no comando do carro #65, partindo da oitava posição.

Transmissão:

A corrida 2 pode ser acompanhada ao vivo pela internet no site https://www.youtube.com/GTOPENseries às 7h10 deste domingo (horários de Brasília). O canal por assinatura BandSports também transmite a prova em Spa ao vivo.

Rafael Suzuki:

"Foi uma pena o que aconteceu hoje, pois nosso carro estava muito bom, mesmo depois que começou a chover, e tínhamos grandes chances de conseguir a vitória, que seria muito importante para o campeonato. Mas agora não adianta lamentarmos, nosso objetivo é conquistar o máximo de pontos na corrida de amanhã, que deve ser bem complicada também, já que a previsão é de chuva forte."


Texto: EverSports
Foto: FotoSpeady

Nenhum comentário:

Postar um comentário