domingo, 8 de setembro de 2013

GT Open: Com 7º lugar em Spa-Francorchamps, Suzuki e Pantano se mantêm na briga pelo título

Equipe Bhai Tech teve fim de semana complicado na Bélgica, ficando fora da zona de pontuação, mas continua com chances de conquistar o título na categoria GTS com a dupla ítalo-brasileira.



Como previsto desde antes da viagem à Bélgica, a sexta e antepenúltima etapa da temporada 2013 do International GT Open foi muito desafiadora para a equipe Bhai Tech. Depois de uma sexta-feira animadora e de um sábado extremamente difícil, o clima instável característico ao tradicional circuito de Spa-Francorchamps teve grande influência na corrida final da rodada, realizada neste domingo (8).

A forte chuva que caiu durante toda a madrugada e manhã deste domingo, parou pouco menos de meia hora antes do início da prova, dificultando a escolha dos pneus para o primeiro stint da corrida, que teve 50 minutos de duração. Largando com pneus de chuva da nona posição no grid da categoria GTS (GT3), Rafael Suzuki teve bom começo, ultrapassando três adversários ainda na primeira volta. Porém, logo se formou um trilho seco na pista e os pneus de chuva não tinham rendimento satisfatório, obrigando o brasileiro a parar nos boxes para colocar compostos para pista seca. Suzuki ainda teve de pagar um drive through, visto que a equipe foi punida por trocar pneus no grid depois da placa de cinco minutos para a largada.

Mesmo com as duas passagens inesperadas pela área de boxes, o paulista conseguiu recuperar terreno e entregar o comando do McLaren MP4-12C #65 para Giorgio Pantano na 13ª posição, assim que a janela de pit-stops foi aberta, aos 20 minutos. Com forte ritmo, o italiano conseguiu conquistar mais algumas posições, completando as 20 voltas na 7ª posição entre 22 carros da categoria. A vencedora da corrida na classe GTS foi a Lamborghini Gallardo pilotada por Fabian Hamprecht e Peter Kox.

A outra dupla da esquadra italiana, formada pelo brasileiro Luiz Razia e o neozelandês Chris Van Der Drift, sequer participou da corrida, em razão do carro bastante avariado pelo acidente sofrido por Van Der Drift no dia anterior, quando bateu forte na Eau Rouge após a suspensão de seu carro quebrar.

Apesar de não pontuarem no fim de semana em Spa-Francorchamps, Suzuki e Pantano continuam na briga pelo título da categoria GTS. Eles ocupam a terceira posição na tabela, com 38 pontos, quatro a menos que o líder Lorenzo Bomtempelli, que correu em Spa em parceria com Marco Frezza. A próxima etapa do International GT Open está marcada para os dias 5 e 6 de outubro, em Monza, na Itália.

Rafael Suzuki:

"Estamos desapontados com os resultados deste fim de semana. Nosso carro estava rápido e perdemos a chance de marcar bons pontos nas duas corridas. Ao menos, o prejuízo para o campeonato não foi tão grande e continuamos na briga pelo título. Será essencial fazermos uma boa etapa em Monza, e estamos confiantes de que lá poderemos brigar pelas vitórias para chegar bem posicionados para a final em Barcelona."

Confira o resultado da corrida 2 em Spa-Francorchamps - categoria GTS (10 primeiros):

1) Hamprecht/Kox (Lamborghini Gallardo) - Leipert
2) Ide/Soulet (Aston Martin V12 Vantage) - GPR
3) Costantini/Camathias (Ferrari 458 GT3) - Ombra
4) Frezza/Bontempelli (Ferrari 458 GT3) - Kessel
5) Lyons/Beretta (Ferrari 458 GT3) - AF Corse
6) Tutumulu/Deverikos (Porsche 997 GT3) - Autorlando
7) Suzuki/Pantano (McLaren MP4-12C) - Bhai Tech
8) Kremer/Earle (Ferrari 458 GT3) - Kessel
9) Toril/Van der Zande (Mercedes SLS) - Seyffarth
10) Rosel/Mavlanov (Ferrari 458 GT3) - Russian Bears

Top-5 do campeonato - categoria GTS:

1) Lorenzo Bontempelli - 42 pontos
2) Miguel Toril - 39
3) Rafael Suzuki / Giorgio Pantano - 38
4) Matteo Beretta / Michael Lyons - 37
5) Enzo Ide / Maxime Soulet - 34


Texto: EverSports
Foto: FotoSpeady

Nenhum comentário:

Postar um comentário