terça-feira, 3 de setembro de 2013

“É hora de voltar a ganhar corridas”, diz o bicampeão Márcio Campos

Piloto da Sicredi Racing disputa quinta etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge buscando reduzir vantagem do líder.


Márcio Campos mostrou competitividade nas quatro primeiras etapas do Mercedes-Benz Grand Challenge em 2013. Liderou treinos livres em todas elas e comemorou duas pole-positions. A campanha marcada por uma vitória e dois segundos lugares nas corridas não chega a satisfazer a expectativa do piloto gaúcho da Sicredi Racing, que mostra-se motivado à conquista da vitória neste domingo (8) na quinta etapa, em Pinhais (PR).

A corrida no Autódromo Internacional de Curitiba vai marcar a abertura da segunda metade da temporada. “No todo, estamos com um conjunto muito bom. Eu tenho dominado treinos, só que nas corridas as vitórias têm escapado entre os dedos, por causa de detalhes mínimos”, observa Campos, bicampeão do Mercedes-Benz Grand Challenge – ele conquistou os títulos de 2011 e 2012 formando dupla com seu pai, João Campos.

Campos vê na etapa deste domingo em Pinhais como ocasião ideal para atingir a meta de voltar ao topo do pódio. “É hora de voltar a ganhar corridas, e Curitiba é um lugar favorável para isso. É uma pista onde me sinto bem. Eu até já ganhei corrida lá largando do último lugar no grid”, lembra o bicampeão, que em sua última atuação no circuito paranaense, no dia 23 de junho, figurava em terceiro lugar na corrida quando teve um pneu furado.

“Nessa corrida eu tinha o peso extra de 50 quilos, mesmo assim estava em terceiro”, frisa o gaúcho, citando o item do regulamento que adiciona lastro de 50 quilos ao carro do vencedor da etapa anterior. Na prova deste domingo em Pinhais, o peso extra será aplicado ao carro do paulista Neto de Nigris, da equipe Gramacho-DeNigris, líder da competição – ele venceu a etapa passada, dia 18 de agosto no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).

Vencedor de duas corridas, em Pinhais e em Interlagos, De Nigris soma 68 pontos, contra 61 de Campos, que ganhou a primeira etapa da temporada, nas ruas paulistanas do Anhembi, na preliminar da etapa brasileira da Fórmula Indy. Rubens Tilkian, paulista que defende a Dragão-Comark Racing, está em terceiro, com 58 pontos. O mineiro Edson Coelho Júnior, da RSports, venceu a terceira etapa, em Viamão (RS), e é o quarto, com 43 pontos.

A programação da quinta etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge no Autódromo Internacional de Curitiba será aberta neste sábado (7), com duas sessões de treinos livres de 60 minutos, marcadas para as 10h e as 14h15. A tomada de tempos classificatória, definindo o grid, vai começar às 16h30, com duração de 20 minutos. A corrida de domingo, com 45 minutos de duração, terá largada às 12h, com transmissão ao vivo pelo canal SporTV 2.

Em busca do tricampeonato, Márcio Campos pilota o carro número 31 da equipe Sicredi Racing, em que tem as logos de Icatu e Mapfre, seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi. Após a realização de quatro das oito etapas, a classificação do Mercedes-Benz Grand Challenge é a seguinte:

1º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, 68
2º) Márcio Campos (RS), Sicredi Racing, 61
3º) Rubens Tilkian (SP), Dragão Motorsport, 58
4º) Edson Coelho Júnior (MG), RSports, 43
5º) Amorim Júnior (SP), Fiolux-RSports, 36
6º) Arnaldo Diniz Filho (SP), Dragão Motorsport, 33
7º) Cesare Marrucci (SP), WRacing, 29
7º) Marcos Paioli (SP), Paioli Racing, 29
9º) Peter Gottschalk Júnior (SP), Paioli Racing, 26
9º) Peter Michael Gottschalk (SP), Paioli Raing, 26
11º) Léo de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, 21
12º) Roberto Santos (SP), Della Via, 19
13º) Betinho Sartório (ES), Della Via, 17
14º) Linneu Linardi (SP), SBC Trans, 15
14º) Rafael Zapelini (SC), Rodoerre Racing, 15
17º) Beto Rossi (SP), RSports, 14
17º) Fernando Júnior (RS), WRC, 13
18º) Raphael Teixeira/Beto Santos (GO/SP), RSports, 9
19º) Jorge Tamake Júnior (SP), Paioli Racing, 4


Texto: Grelak Comunicação
Foto: Fernanda Freixosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário