domingo, 15 de setembro de 2013

DTM: Augusto Farfus vence em Oschersleben e assume vice-liderança do campeonato

Curitibano confirmou bom histórico no circuito alemão conquistando sua terceira vitória na categoria, e agora é o único concorrente de Mike Rockenfeller na briga pelo título da temporada 2013.



Oschersleben é definitivamente uma pista especial para Augusto Farfus. Após uma sequência de duas corridas no pódio (Moscou e Nürburgring), o circuito alemão foi palco da terceira vitória do brasileiro no DTM neste domingo (15) - a segunda neste ano. Correndo no WTCC, Augusto já havia triunfado no Motorsport Arena em outras ocasiões. Largando da primeira fila, o piloto da BMW liderou a prova praticamente de ponta a ponta - perdendo a primeira posição somente durante os pit stops -, e com o resultado subiu de quinto para a vice-liderança do campeonato.

Após garantir o 3º lugar na classificação, realizada no sábado, o brasileiro herdou uma posição no grid após o pole position Bruno Spengler ser penalizado. Em uma pista conhecida por ter poucos pontos de ultrapassagem, a posição de largada acabou sendo muito favorável para Farfus, que superou Jamie Green assim que as luzes se apagaram, assumindo a liderança da corrida.

Augusto aproveitou os pneus super macios em seu primeiro stint e imprimiu ritmo forte desde o começo, fazendo sua primeira parada na volta 21. Com pneus duros, retornou à pista na 3ª posição, atrás de Jamie Green e Miguel Molina, que não haviam parado ainda. O piloto do Team RBM fez seu segundo e último pit stop na volta 28, novamente colocando os pneus duros, e voltou em sétimo lugar, mas sendo o primeiro a já ter completado as duas paradas obrigatórias.

Conforme seus adversários foram entrando para os boxes, Farfus recuperou terreno e ocupou em definitivo a primeira posição na volta 42, quando Eduardo Mortara finalmente fez seu segundo pit stop. Mesmo seguido pelo líder do campeonato, o alemão Mike Rockenfeller, o brasileiro abriu boa vantagem e recebeu a bandeirada após 51 voltas com uma diferença de mais de seis segundos para o segundo colocado. O inglês Jamie Green completou o pódio em Oschersleben.

Melhor representante da BMW, Augusto colocou a montadora bávara no alto do pódio ao superar os pilotos da Audi, que se mostrou muito forte no circuito alemão com oito carros no top-10. Faltando duas corridas para o fim da temporada 2013, o resultado também foi essencial para manter Farfus na briga pelo título. Com a vitória, o brasileiro pulou da quinta para a segunda posição na tabela e, com 91 pontos contra 124 do líder Rockenfeller, é o único com chances matemáticas de tirar o troféu das mãos do alemão da Audi.

A próxima etapa do DTM está marcada para os dias 28 e 29 de setembro em Zandvoort, na Holanda, enquanto a rodada de encerramento do campeonato acontece nos dias 19 e 20 de outubro, no tradicional circuito de Hockenheim, na Alemanha.

Augusto Farfus:

"Foi uma corrida espetacular e o ponto chave foi ultrapassar o Jamie Green na largada. Sabíamos que superar a Audi no começo seria muito importante e isso se confirmou. Tivemos um ótimo ritmo durante toda a corrida, fizemos os pit stops na hora certa e conseguimos aproveitar bem tanto os pneus super macios como os duros. É sempre muito especial vencer em um campeonato tão disputado como o DTM"

Campeonato:

"Enquanto tivermos chances matemáticas, vamos brigar até o fim pelo título, mas dando um passo por vez. Espero um bom resultado em Zandvoort para deixar a decisão para Hockenheim. Vou encarar essas duas corridas como encarei todo o campeonato, buscando sempre o meu melhor e vamos ver o que o destino nos reserva"

Confira o resultado da corrida em Oschersleben:

1. Augusto Farfus (RBM BMW) - 51 voltas
2. Mike Rockenfeller (Phoenix Audi) - a 6.298s
3. Jamie Green (Abt Audi) - a 6.912s
4. Filipe Albuquerque (Rosberg Audi) - a 10.837s
5. Timo Scheider (Abt Audi) - a 13.325s
6. Gary Paffett (HWA Mercedes) - a 14.707s
7. Mattias Ekstrom (Abt Audi) - a 21.980s
8. Miguel Molina (Phoenix Audi) - a 22.692s
9. Adrien Tambay (Abt Audi) - a 23.109s
10. Edoardo Mortara (Rosberg Audi) - a 23.977s
11. Pascal Wehrlein (Mucke Mercedes) - a 24.136s
12. Marco Wittmann (MTEK BMW) - a 29.004s
13. Dirk Werner (Schnitzer BMW) - a 36.997s
14. Roberto Merhi (HWA Mercedes) - a 38.620s
15. Timo Glock (MTEK BMW) - a 48.244s
16. Joey Hand (RBM BMW) - a 48.756s
17. Daniel Juncadella (Mucke Mercedes) - a 49.751s
18. Christian Vietoris (HWA Mercedes) - a 58.626s
19. Andy Priaulx (RMG BMW) - a 1m10.973s
20. Martin Tomczyk (RMG BMW) - a 2 voltas
Não completaram:
Bruno Spengler (Schnitzer BMW) - 40 voltas
Robert Wickens (HWA Mercedes) - 38 voltas


Texto: EverSports
Foto: BMW

Nenhum comentário:

Postar um comentário