sábado, 14 de setembro de 2013

DTM: Augusto Farfus mantém bom ritmo de classificação e larga em 3º no circuito de Oschersleben

Curitibano vai largar no top-4 pela sexta vez em oito corridas na temporada depois de mostrar desempenho consistente desde o início da sessão classificatória deste sábado em Motorsport Arena.



Augusto Farfus comprovou o bom histórico no circuito alemão de Oschersleben e obteve a terceira posição do grid de largada da oitava etapa da temporada 2013 do DTM. Neste sábado (14), o curitibano enfrentou um asfalto traiçoeiro durante boa parte do treino classificatório, culpa da garoa que deu as caras algumas vezes ao longo da sessão. Mas Farfus provou que é um dos pilotos mais rápidos do grid ao avançar pela sexta vez em oito corridas ao grupo dos quatro primeiros do grid. Em sua última volta rápida pelo travado circuito de 3.696 metros em Motorsport Arena, o piloto do Team RBM cravou o terceiro melhor tempo com 1min20s422, ajudando a colocar a BMW em posição de destaque na abertura da etapa. O pole foi Bruno Spengler, que repetiu o grid de 2012 e colocou o BMW M3 DTM #1 do Team Schnitzer na posição de honra do grid, imediatamente à frente de Augusto.

Farfus começou o sábado avaliando o desempenho de sua BMW em Oschersleben no único treino livre do fim de semana, obtendo a 17ª melhor marca. Após a sessão, o Team RBM trabalhou com afinco para oferecer ao brasileiro o melhor acerto do seu carro #7, que acabou rendendo muito bem no treino classificatório, disputado à tarde.

O Q1 começou às 14h40, horário local, com a pista bastante úmida, porém sem chuva em Oschersleben. No início, os pilotos guiaram no limite, e muitos deles deram algumas escapadas, mas nada que gerou consequências graves. Não demorou muito para o asfalto ter um trilho seco. Consequentemente, os pilotos foram melhorando sequencialmente seus tempos de volta.

Sempre que esteve na pista, Farfus conseguiu bons tempos, se colocando com frequência no rol dos dez primeiros. Com um carro bem acertado ao circuito de Oschersleben, o brasileiro assegurou sua ida ao Q2, que classificou os 16 mais rápidos para a sequência da classificação, com a marca de 1min20s150, a terceira melhor do Q1.

Logo na abertura do Q2, Augusto anotou uma marca bastante significativa — 1min20s756 —, que lhe dava momentaneamente o quarto lugar na tabela. Mas aí a chuva fina voltou a dar as caras em Oschersleben, impedindo que os pilotos melhorassem seus respectivos tempos. Desta forma, o brasileiro praticamente assegurou passagem para o Q3 em Motorsport Arena.

A pista voltou a secar no terceiro segmento da classificação. O brasileiro aproveitou as melhores condições do asfalto, deixou rapidamente os boxes e anotou 1min20s871 na primeira volta. Mas o tempo não seria suficiente para Farfus avançar ao Q4. Por isso, em seguida, o piloto cravou 1min20s186 em sua segunda passagem, apenas 0s057 atrás do mais rápido do Q3, Mike Rockenfeller. Augusto, mais uma vez, formou o grupo dos quatro postulantes à pole-position. Avançaram ao Q4 Rockenfeller, líder do campeonato, Bruno Spengler — vencedor em Oschersleben em 2012 —, Farfus e Jamie Green: novamente, dois carros da BMW e outros dois da Audi na briga pela pole-position da oitava etapa da temporada.

Na ordem inversa à classificação do Q3, Farfus foi o segundo a deixar os boxes, logo depois de Green. O curitibano cravou 1min20s442 em sua volta lançada. Em seguida, o experiente piloto foi superado por Spengler, que assegurou a pole-position. Restava apenas Rockenfeler ir à pista, mas o alemão não conseguiu bater Augusto, ficando exatos 0s002 atrás do terceiro colocado do grid de largada em Oschersleben.

A corrida tem largada prevista para 8h30 (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports. A meteorologia aponta 30% de possibilidade de chuva para a região do circuito de Oschersleben.

Augusto Farfus:

"Foi extremamente difícil manter o carro na pista porque garoava o tempo inteiro, então as condições do asfalto eram muito inconstantes na maior parte do treino, e isso complicou a nossa vida. Mas consegui fazer uma tomada de tempo com o carro equilibrado ao longo de toda a sessão. A volta no Q4 não foi espetacular, mas largar em terceiro já é muito bom. Estamos bem confiantes para amanhã."

Confira o grid de largada em Oschersleben:

1) Bruno Spengler - Schnitzer BMW - 1'20"140
2) Jamie Green - Abt Audi - 1'20"263
3) Augusto Farfus - RBM BMW - 1'20"442
4) Mike Rockenfeller - Phoenix Audi - 1'20"444
5) Dirk Werner - Schnitzer BMW - 1'20"229 - Q3
6) Filipe Albuquerque - Rosberg Audi - 1'20"306 - Q3
7) Miguel Molina - Phoenix Audi - 1'20"371 - Q3
8) Martin Tomczyk - RMG BMW - 1'20"467 - Q3
9) Timo Scheider - Abt Audi - 1'20"761 - Q3
10) Adrien Tambay - Abt Audi - 1'21"161 - Q3
11) Robert Wickens - HWA Mercedes - 1'21"185 - Q2
12) Gary Paffett - HWA Mercedes - 1'20"333 - Q2
13) Mattias Ekstrom - Abt Audi - 1'21"277 - Q2
14) Pascal Wehrlein - Mucke Mercedes - 1'21"351 - Q2
15) Marco Wittmann - MTEK BMW - 1'21"489 - Q2
16) Timo Glock - MTEK BMW - 1'21"540 - Q2
17) Edoardo Mortara - Rosberg Audi - 1'21"077 - Q1
18) Joey Hand - RBM BMW - 1'21"173 - Q1
19) Andy Priaulx - RMG BMW - 1'21"181 - Q1
20) Christian Vietoris - HWA Mercedes - 1'21"400 - Q1
21) Roberto Merhi - HWA Mercedes - 1'21"517 - Q1
22) Daniel Juncadella - Mucke Mercedes - 1'21"258 - Q1


*Atualizado

Com a punição de Bruno Spengler, o brasileiro Augusto Farfus largará em 2º.


Texto: EverSports
Foto: DTM

Nenhum comentário:

Postar um comentário