sábado, 27 de julho de 2013

Edson Júnior e Márcio Campos dividem primeira fila do grid em Tarumã

Piloto gaúcho da Sicredi Racing larga em segundo na tentativa de recuperar liderança do Mercedes-Benz Grand Challenge.
 
O mineiro Edson Júnior conquistou neste sábado (27) sua segunda pole-position consecutiva no Mercedes-Benz Grand Challenge. O piloto mineiro da equipe RSports foi o mais rápido na tomada de tempos classificatória disputada no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão (RS), e vai liderar o grid de largada para a terceira etapa da temporada, que confrontará 17 pilotos neste domingo (18), com largada às 11h.

A volta que garantiu a pole ao mineiro foi cronometrada em 1min13s047, 185 milésimos de segundo mais rápida que a do gaúcho Márcio Campos, que vai largar em segundo. Bicampeão brasileiro da categoria, Campos venceu a primeira corrida da temporada de 2013, no circuito de rua paulista do Anhembi, e ficou em nono na corrida do mês passado em Curitiba, depois de ser forçado a um pit stop para troca de um pneu furado.

Campos, piloto da equipe Sicredi Racing, manteve-se na pole-position durante metade da tomada de tempos. “Eu tinha completado só duas voltas. Quando o Edinho passou para primeiro, eu voltei à pista sabendo que tinha condições de dar o troco a ele, só que acabei sendo atrapalhado por outro piloto duas vezes nas minhas voltas rápidas. Segundo lugar não é mau, mas fica uma ponta de decepção. Eu tinha carro para ser pole”, falou.

O piloto da Sicredi Racing foi mais rápido nas duas sessões de treinos livres que abriram a preparação para a etapa de Tarumã. Sua estratégia para os 45 minutos de corrida privilegia a situação do campeonato. “Neste momento, uma vitória do Edinho não me atrapalharia tanto. Eu preciso terminar à frente do Neto e do Rubens, e o fato de eles estarem atrás de mim no grid já ajuda um pouquinho nesse meu objetivo”, ponderou o gaúcho.

Neto de Nigris, vencedor da etapa de Curitiba, lidera a competição com 37 pontos. Seu conterrâneo paulista Rubens Tilkian, quinto no grid em Viamão, está na vice-liderança, com 28, um ponto à frente de Campos – uma vitória no Mercedes-Benz Grand Challenge vale 20 pontos. “É a terceira corrida do ano, o campeonato tem oito, ainda tem muita coisa para acontecer. Aqui, eu preciso me aproximar o máximo possível da liderança”, estipulou.

Márcio Campos exibe no carro número 31 da Sicredi Racing as cores e as logos de Icatu e Mapfre, as seguradoras parceiras da Corretora de Seguros Sicredi. A terceira etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge, neste domingo no Autódromo Internacional de Tarumã, terá com transmissão ao vivo do canal por assinatura SporTV.

O grid definido na tomada de tempos classificatória deste sábado em Viamão é o seguinte:
1º) Edson Coelho Júnior (MG), RSports, 1min13s047
2º) Márcio Campos (RS), Sicredi Racing, 1min13s232
3º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, 1min13s657
4º) Fernando Júnior (RS), WRC, 1min13s894
5º) Rubens Tilkian (SP), Dragão Motorsport, 1min14s016
6º) Rafael Zapelini (SC), Rodoerre Racing, 1min14s185
7º) Peter Michael Gottschalk (SP), Paioli Raing, 1min14s205
8º) Léo de Nigris (SP), De Nigris-Gramacho, 1min14s268
9º) Arnaldo Diniz Filho (SP), Dragão Motorsport, 1min14s304
10º) Peter Gottschalk Júnior/Marcos Paioli (SP), Paioli Racing, 1min14s370
11º) Linneu Linardi (SP), SBC Trans, 1min14s700
12º) Raphael Teixeira/Beto Santos (GO/SP), RSports, 1min14s760
13º) Amorim Júnior (SP), Fiolux-RSports, 1min14s782
14º) Cesare Marrucci (SP), WRacing, 1min15s004
15º) Beto Rossi (SP), Della Via, 1min15s939
16º) Betinho Sartório (ES), Della Via, 1min16s394
17º) Roberto Santos (SP), Della Via, 1min17s421
Média do 1º: 146,638 km/h

Texto: Grelak Comunicação
Foto: Fernanda Freixosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário