domingo, 23 de junho de 2013

World Series: 8º em Moscou, Pietro Fantin comemora pontos e evolução do carro

Curitibano fez grandes mudanças no carro ao longo da etapa e ficou satisfeito com melhor desempenho e acerto mais favorável ao seu estilo de pilotagem.

O sentimento é de objetivo alcançado para Pietro Fantin na quinta etapa da World Series. Neste domingo (23), o curitibano completou a segunda corrida em Moscou na 8ª posição, após largar em 11º, terminando assim na zona de pontuação e sendo o segundo melhor entre os estreantes (rookies) da categoria.

Além de pontuar pela segunda vez na temporada, Fantin destacou a grande evolução ao longo do fim de semana, o que, segundo ele, será fundamental na briga por melhores resultados na segunda metade do campeonato. Há algumas etapas, o piloto da equipe Arden Caterham vinha tendo problemas com o acerto de seu carro, mas fez uma grande mudança após a primeira corrida, e conseguiu aproveitar o ritmo mais competitivo para estar no top-10.

Na tomada de tempos deste domingo, Pietro registrou o 11º tempo, em sessão marcada por duas bandeiras vermelhas. Com boa largada, ele manteve-se no pelotão intermediário até entrar para o pit-stop, na sexta volta - logo após a abertura da janela. O curitibano conseguiu se posicionar bem ao voltar em 17º e, conforme os outros pilotos faziam suas paradas, ganhou posições e ainda fez algumas ultrapassagens para cruzar a linha de chegada em 9º. Com a punição de Daniil Move (por ter queimado a largada), Fantin herdou a 8º posição.

No dia anterior, o brasileiro enfrentou mais dificuldades. Na classificação, as condições de pista estavam bem diferentes dos treinos livres, e Fantin não conseguiu tirar o melhor do carro, garantindo a 21ª colocação no grid. A primeira prova da rodada não teve pit-stops e como o circuito russo é bem travado, não oferece muitas possibilidades de ultrapassagem. Assim, o brasileiro concluiu as 33 voltas em 18º.

A próxima etapa da Formula Renault 3.5 está marcada para os dias 20 e 21 de julho, no Red Bull Ring, na Áustria.

Pietro Fantin:
"Fizemos uma grande mudança no carro, e fiquei bem satisfeito com o resultado desse fim de semana. Na corrida de hoje (domingo), fizemos um bom pit-stop e estávamos competitivos. Além de pontuado novamente e estar entre os melhores rookies - que são nossos objetivos no ano -, conseguimos desenvolver o carro e deixá-lo melhor para o meu estilo de pilotagem, e isso é algo muito importante que vamos levar para as próximas etapas".

Resultado da 2ª corrida em Moscou:
1 - Stoffel Vandoorne - Fortec - 33 voltas
2 - Kevin Magnussen - Dams - 11"788
3 - Will Stevens - P1 by Strakka - 14"008
4 - Nico Muller - Draco - 22"011
5 - Mikhail Aleshin - Tech 1 - 33"657
6 - Andre Negrao - Draco - 35"285
7 - Oliver Webb - Fortec - 43"195
8 - Pietro Fantin - Arden Caterham - 44"007
9 - Daniil Move - Comtec - 48"236*
10 - Norman Nato - Dams - 49"851
11 - Sergey Sirotkin - ISR - 50"407
12 - Marlon Stockinger - Lotus - 51"487
13 - Jazeman Jaafar - Carlin - 54"239
14 - Nikolay Martsenko - Pons - 1'02"894
15 - Nigel Melker - Tech 1 - 1'03"271
16 - Arthur Pic - AV Formula - 1'03"921
17 - Marco Sorensen - Lotus - 1'04"360
18 - Mihai Marinescu - Zeta - 1'05"384
19 - Carlos Huertas - Carlin - 1'07"904
20 - William Buller - Zeta - 1'10"417
21 - Matias Laine - P1 by Strakka - 1'11"772
22 - Zoel Amberg - Pons - 1'13"724
23 - Christopher Zanella - ISR - 1'31"017

Não completaram:
Yann Cunha
Antonio Felix Da Costa
*penalizado em 10 segundos por queimar a largada

Texto: Eversports
Foto: Paolo Pellegrini

Nenhum comentário:

Postar um comentário