quinta-feira, 23 de maio de 2013

Agnã Zago vive seu pior momento na Rotax

O piloto, ainda em fase de adaptação com a nova categoria teve uma etapa para ser esquecida.

A quarta etapa da Rotax Max Challenge Brasil que aconteceu no dia 18 de maio, no kartódromo da Granja Viana, em Cotia-SP, foi um pesadelo para o curitibano Agnã Zago. O piloto que corre na categoria Mini Max saiu da fase anterior satisfeito com a sua evolução e esperava resultados melhores, o que não aconteceu.

A preparação para a corrida começou na quarta-feira, mas às 2h40min de treinos livres não foram o suficiente para encontrar o acerto ideal para o kart 250 a tempo do classificatório. Largando da 15ª posição, Agnã Zago teve dificuldades para extrair um melhor desempenho do seu equipamento e não teve evolução.

Na segunda bateria, o piloto recebeu uma batida no esforço frustrado de ultrapassagem de um adversário, o que piorou o funcionamento do seu kart e ele apenas completou a prova. Preocupado com a performance negativa, a equipe Cris Racing irá aproveitar a Copa Sul, que será realizado no próximo sábado (25/05), no kartódromo Beto Carrero, em Penha-SC, para acertar o equipamento e tentar uma recuperação na próxima etapa da Rotax, no dia 15 de junho.

 "O final de semana foi um fracasso, mas o jeito é levantar a cabeça, intensificar os treinos e nos preparar melhor para as próximas competições. Sei que enfrentar dificuldades faz parte do currículo de qualquer pessoa que quer chegar há algum lugar e comigo não seria diferente, vamos à luta”, declarou Agnã Zago.

Texto: Pista Livre Assessoria e Comunicação
Foto: Cris Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário